A pandemia do novo coronavírus afetou as empresas e as finanças de muitas pessoas. Alguns perderam seus empregos e outros tiveram as rendas reduzidas. Com isso, aumentou a inadimplência e muitas contas continuam em atraso, como o IPVA, por exemplo.

Segundo o Banco Central, o retorno à normalidade pós-pandemia envolve um possível aumento na inadimplência, com um pico no primeiro semestre de 2021. Para evitar que este problema afete ainda mais o mercado, a recomendação é sempre de facilitar a quitação das dívidas.

Neste caso, alguns estados oferecem a possibilidade de parcelamento do IPVA – Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Saiba como isso vai funcionar no seu Estado.

O que é IPVA e qual é a sua importância

O IPVA é um imposto estadual que recai sobre a propriedade de veículos automotores: carros, motos, caminhões, ônibus e até aeronaves. O pagamento do IPVA é anual, de acordo com o emplacamento do veículo, com o acerto a partir de janeiro. Caso o débito não seja pago ou parcelado, após 60 dias do vencimento é aplicada multa no valor de 18% ao saldo devedor. Por isso é importante acertar rapidamente, para que não fique sendo aplicada multa sobre multa.

A importância do IPVA é muito significativa para cidades e estados, já que 50% do valor total do arrecadado com o imposto é destinado aos municípios onde a placa foi cadastrada e os outros 50% para o respectivo Estado.

Opções de parcelamento

  • São Paulo: a Procuradoria Geral de São Paulo (PGE/SP) possibilita parcelar as contas atrasadas do IPVA de 2020 e de anos anteriores em até 10 prestações no boleto. A negociação é feita após consulta dos débitos no site da PGE/SP , informando o número do documento do veículo. A liquidação ou parcelamento da dívida podem ser realizados no portal de Dívida Ativa , de maneira simplificada e online, por qualquer pessoa, sem necessidade de ser o titular do veículo.
  • Minas Gerais: o Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) anunciou a possibilidade de solicitar o parcelamento da dívida do IPVA, em até 12 vezes mensais, com prestação mínima de R$ 200 reais. O contribuinte também pode quitar a dívida à vista. É tudo realizado virtualmente, a partir de cálculo do sistema do valor devido e emissão do Documento de Arrecadação Estadual (DAE). O acesso às parcelas é feito pelo site da SEF .
  • Rio de Janeiro: para acertar o IPVA, basta acessar o site oficial do Detran RJ e fazer a consulta dos débitos (por meio do número do RENAVAM e placa do veículo). Ainda nesta página é possível conferir as informações sobre a forma de pagamento de débitos e multas e gerar o boleto para pagamento.

Aproveite para consultar seu débito e acertar o IPVA

O veículo que não está com o IPVA em dia não pode circular, pois é considerada uma infração gravíssima. Com o IPVA em atraso, o motorista não consegue licenciar o automóvel e ao ser pego dirigindo terá o mesmo apreendido. Para conseguir a liberação do veículo, precisará quitar os impostos e ainda pagar as taxas de guincho e pátio. Ou seja, o prejuízo é muito maior.

O ideal é quitar os débitos e ter sempre um dinheiro reservado para esta conta, para começar o ano com tranquilidade. Se for parcelar, deixe agendado todos os pagamentos para evitar esquecimentos.

Precisa de orientação ou quer consultar informações veiculares? Fale com a AutoCredcar, que possui os mais avançados serviços de identificação e de autenticidade, orientada para soluções inovadoras em informações cadastrais de veículos automotores e de pessoas físicas e jurídicas. Proporcionamos as melhores condições de análise e informações veiculares.

Com suporte 24 horas para você tirar suas dúvidas e o maior banco de dados privados de veículos automotores da América do Sul, garantimos o sucesso de seus negócios com informações precisas, eficientes e cobertura nacional.

Disponibilizamos consultas gratuitas e pagas. Com a consulta gratuita você consegue verificar informações básicas sobre o veículo, como número do motor e chassi, marca e modelo, cor, município, entre outras. Para uma verificação mais completa, basta fazer o cadastro no nosso site e escolher quais itens deseja consultar.

Cadastre-se